Agende sua Consulta

Escolha o melhor horário e data que você deseja ser atendido.

Mitos e verdades sobre os aparelhos auditivos

Mitos e verdades sobre os aparelhos auditivos

Postado por MRusso Digital em 12/abr/2019 - Sem Comentários

Quando falamos de problemas de audição, não parecemos ter tanto empenho em tratá-la.

audição e a visão são dois dos cinco sentidos do corpo humano. Reagimos diferentemente a cada um dos sentidos, mas quando algum deles começa a falhar, apresentamos comportamentos distintos que poderão promover dificuldades e piora em nossa qualidade de vida. Observe por exemplo, as pessoas que usam óculos, lentes de contato ou que fizeram algum tipo de cirurgia ocular. Note que não temos nenhuma hesitação no tratamento dos problemas de visão. Mas quando se trata da perda de audição, não parecemos ter tanto empenho em tratá-la, mesmo nos sentindo incomodados em certas situações ou ambientes.

Já parou para pensar porque agimos de maneira tão diferente e tão receosa para tratarmos uma dificuldade auditiva quando comparada com a dificuldade visual? Talvez um dos fatores é a diferença do impacto imediato em nossas atividades diárias. Você não consegue dirigir, ler, assistir TV ou trabalhar em um computador quando sua visão está comprometida. Mas você pode tentar lidar com os problemas de audição, para desempenhar essas mesmas atividades, pelo menos temporariamente. Porém é importante ficarmos atentos para o fato de que com a audição comprometida, aqueda na qualidade de vida é real e potencialmente grave, evidenciada a longo prazo. Outra razão para tantos receios e preconceitos em buscar ajuda para a audição, é a percepção das pessoas com perda auditiva em relação aos aparelhos auditivos. Infelizmente alguns mitos e conceitos antigos predominam. Mas os avanços na área científica e tecnológica deverão mudar o panorama daqueles que ainda estão indecisos com relação a busca de ajuda para suas dificuldades auditivas. 

1º Mito: Não há tratamento para perda auditiva.

Fato: Alguns tipos de perdas auditivas são irreversíveis. Mas definitivamente podem melhorar muito. A amplificação com aparelhos auditivos é uma das recomendações de tratamento mais efetivas para a perda de audição ajudando mais de 90% das pessoas nessa situação.

2º Mito: Se eu estivesse precisando de aparelhos auditivos, meu médico teria me dito.

Fato: Certamente o melhor caminho é procurar um especialista em audição, assim que sentir a primeira dificuldade auditiva. Os médicos otorrinolaringologistas e posteriormente os fonoaudiólogos são os profissionais que poderão ajudá-lo a identificar suas dificuldades e também ajudarão caso necessite de aparelhos auditivos. Com esses profissionais serão realizados alguns exames, dentre eles a audiometria. 

3º Mito: Os aparelhos auditivos são difíceis de serem usados.

Fato: A cada ano que passa os aparelhos auditivos experimentaram crescentes evoluções e desenvolvimento tecnológico. Existem muitos modelos, tamanhos e variadas potências de aparelhos auditivos. A habilidade para utilizá-los e adaptar-se a eles será acompanhada e muito bem orientada pelos profissionais da audição, não só na fase inicial como também em todo o tempo de uso. Os recursos tecnologicamente avançados e atuais facilitam e beneficiam muito mais aqueles que precisarão experimentar o uso dessas novidades em suas orelhas. 

4º Mito: Aparelhos auditivos vão se destacar demais ou me fazer parecer mais velho.

Fato: Hoje em dia, os aparelhos auditivos são muito menores e mais discretos se comparados aos modelos de anos atrás e incluem versões que se encaixam profundamente no canal auditivo, ficando realmente invisível. 

5º Mito: Aparelhos auditivos não valem a pena.

Fato: Para ajudar na sua decisão o que você pode fazer é ouvir isso de pessoas que trataram sua perda auditiva. Assista os vídeos no canal da Microsom no YouTube e veja os depoimentos de alguns de nossos clientes de aparelhos auditivos.

0 Comentários

Os comentários estão fechados.

Leia Mais microsom

Tópicos recentes

VEJA TAMBÉM:

Nós entramos em contato com você

Receba nossa newsletter

OUTRAS SOLUÇÕES PARA VOCÊ: