A perda auditiva
é mais comum
do que imaginamos

1 EM CADA pessoas possuem perda auditiva.


80% não fazem nada em relação a isso.

Perda Auditiva Não tratada

Tem sido vinculada com demência e outros distúrbios cognitivos incluindo Alzheimer.

Deficiência Auditiva é mais comum em homens.

Aqueles com perda auditiva não tratada vivenciam um declínio de 30 a 40% nas habilidades lógicas comparados com aqueles sem perda auditiva.

2x ADULTOS COM PERDA LEVE
Mais propensos a desenvolver demência

3x ADULTOS COM PERDA MODERADA
Mais propensos a desenvolver demência

5x ADULTOS COM PERDA SEVERA
Mais propensos a desenvolver demência

A Perda Auditiva

É a terceira incapacidade  mais predominante em adultos com 75 anos ou mais, dentre as relacionada à idade, atrás apenas da artrite e hipertensão.

1 – Artrite | 2 – Hipertensão | 3 – Perda Auditiva

Asset 50

1º Passo

A primeira coisa a se fazer é entender que a perda auditiva, muitas vezes, é um processo normal do nosso corpo e acaba surgindo devido a idade. E que a primeira coisa a se fazer é previnir e cuidar para que a perda auditiva não se agrave.

Nesses casos o aparelho auditivo é o principal aliado das pessoas. Ele irá auxiliar no cuidado e prevenção de uma perda auditiva mais severa, além de permitir que as pessoas possam voltar a escutar os sons que escutavam antes.

icone-microsom-ajuda-profissional

Ajuda Profissional

Tradicionalmente, um médico otorrinolaringologista fará o diagnóstico da perda auditiva e se for o caso, encaminhará para a adaptação de aparelhos auditivos.

O que é perda auditiva?

Perda auditiva é a redução da sua capacidade de ouvir certos sons e, atualmente, afeta mais de 750 milhões de adultos em todo o mundo. Por ser gradual, é importante estarmos cientes dos sinais da perda auditiva para tratar o mais rápido possível.

Tipos de perda auditiva e suas causas »
Sinais de perda auditiva »
Prevenção »

Faça o teste

Com um rápido teste você pode determinar se é hora de procurar um profissional.

Se já tem a indicação médica, agende uma visita em nossas lojas e teste o aparelho, sem custo e em sua casa antes de comprar.

Perda auditiva impacta em todos os aspectos da sua vida

A audição influencia em uma parte muito grande da sua vida emocional, condição física e qualidade de vida no geral. Ainda assim, milhões de pessoas com perda auditiva permanecem sem tratamento.

Estudos mostram que não tratar a perda auditiva pode causar risco de queda, depressão, ansiedade e demência.

Tratamento »
Razões para procurar ajuda »
Ajude quem você ama »

Você conhece os 5 passos para ouvir melhor?

Quando nós ouvimos melhor, vivemos melhor.
Nosso guia passo a passo explica como viver com uma saúde auditiva mais saudável.

Perguntas frequentes

Na maioria das vezes os problemas auditivos começam de forma gradual e sem desconforto ou dor. E ainda mais, os membros da família aprendem a se adaptar a alguém com perda auditiva sem nem perceber que estão fazendo. Veja algumas perguntas que você pode se fazer para determinar se você tem perda auditiva.
VER MAIS+

Existem 3 tipos de perda auditiva: Perda auditiva neurossensorial, perda auditiva condutiva e perda auditiva mista. A maioria das pessoas perde a sua audição em alguns graus de acordo com a idade e, com o tempo, estudos mostram que uma entre três pessoas acima de 65 anos desenvolve algum problema de audição.

Existe várias causas. As mais comuns incluem som altos em excesso, genética, problemas quando recém nascidos, infecções na cabeça ou ouvido e reações a droga ou tratamentos que possuam medicamentos ototóxicos. Cada tipo de perda auditiva possui diferentes causas. 

O mais comum é que o diagnóstico seja feito pelo médico otorrinolaringologista. Em uma consulta ele irá realizar e solicitar alguns exames para concluir o diagnóstico de perda auditiva.
Outras especialidades também poderão fazer a primeira identificação e passar para outros profissionais concluírem o diagnóstico.

Perda auditiva pode ocorrer em qualquer momento, em qualquer idade. Na realidade, pessoas com perda auditiva abaixo de 65 anos representam 65%! De acordo com uma pesquisa existem 6 milhões de americanos entre 18-44 anos com perda auditiva e 1.5 milhões estão na idade escolar.