O primeiro e único aparelho auditivo com detecção de queda e alertas

A todo momento adultos mais velhos são atendidos em salas de emergência por lesões relacionadas à quedas e tombos na rua ou dentro de casa. As quedas são uma das principais causas de lesões para pessoas idosas. É com muita satisfação que a Microsom apresenta um dos recursos mais fantásticos do nosso novo aparelho auditivo Via AI, o primeiro do mundo com inteligência artificial e sensores integrados.

Usando seus sensores 3D, os aparelhos auditivos Via AI podem detectar quando uma pessoa cai e enviar mensagens de alerta para amigos ou familiares selecionados. Agora, além de os pacientes usufruírem do nosso melhor aparelho auditivo de todos os tempos, eles e seus parentes próximos também podem desfrutar de maior tranquilidade.

 

 

Perda auditiva e queda são efeitos colaterais comuns do envelhecimento

 

Quase 40% das pessoas que vivem em casa após completar 65 anos de idade caem pelo menos uma vez por ano. Quedas acidentais representam um risco significativo à saúde de idosos. Eles geralmente levam à perda de independência e podem alterar repentinamente o rumo da vida de alguém. E as pessoas com perda auditiva leve têm três vezes mais chances de ter um histórico de queda do que quem tem audição normal. Essa correlação entre perda auditiva, envelhecimento e queda é uma das razões pelas quais a a Microsom está lançando o primeiro aparelho auditivo do mundo com um recurso de detecção de queda. As chances de perda auditiva e queda aumentam à medida que envelhecemos; portanto, ter um único dispositivo que possa ajudar com vários problemas de envelhecimento – ao contrário de um dispositivo diferente para cada função – é significativamente mais conveniente e benéfico para os usuários. Aliás, o Via AI ainda pode ajudar muito mais do que apenas ouvir e evitar quedas.

 

 

Aparelhos auditivos são ideais para detectar quedas

 

Diferente de outros dispositivos de detecção de queda, pendurados no pescoço ou usados ​​no pulso, o Via AI se beneficia da anatomia e fisiologia do corpo humano. Durante atividades diárias típicas e em casos de quedas, os músculos do pescoço trabalham com o sistema de equilíbrio do ouvido interno para proteger e estabilizar a cabeça. Como os aparelhos auditivos são usados ​​na cabeça, eles são naturalmente menos propensos a confundir as atividades diárias com quedas do que os dispositivos usados ​​em outras partes do corpo.

 

 

Como a detecção e alertas de queda funcionam

 

O usuário do aparelho auditivo seleciona até três contatos para serem notificados no caso desses acidentes. Eles (ou o profissional da audição) podem inserir contatos facilmente no aplicativo Thrive. O recurso de ALERTA AUTOMÁTICO envia imediatamente um aviso ao(s) contato(s) se o usuário do aparelho auditivo cair. O alerta contém a localização GPS do usuário. Assim o contato pode ligar imediatamente para o usuário para conferir a situação e obter ajuda. Ainda é possível utilizar o recurso de ALERTA MANUAL, que permite que o usuário simplesmente toque no aparelho auditivo para enviar um alerta para um evento relacionado a queda ou não queda.

 

Quer conhecer o Via AI e aprender mais sobre seus recursos exclusivos? Visite um Centro Auditivo Microsom e contate um de nossos profissionais, para que possa demonstrar os aparelhos auditivos Via AI para você.



14/11/2019