banner-blog-quando-substituir-mascara-e-acessorios-cpap

Quando substituir a máscara e os acessórios do CPAP?

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

A terapia com pressão positiva contínua nas vias aéreas (CPAP) pode ser incrivelmente benéfica para aqueles que sofrem com a síndrome da apneia obstrutiva do sono (SAOS). Normalmente, o CPAP precisa de uma mangueira e uma máscara para que o fluxo de oxigênio permaneça estável e, assim, garantir uma boa noite de sono. Entretanto, as peças do equipamento precisam de manutenções e substituições para a melhor qualidade de sono e saúde.

Especialistas afirmam que quando as peças estão em boas condições, pode influenciar na quantidade de horas que o usuário do CPAP dorme por noite. Por esse motivo, a frequência de substituição da máscara e dos suprimentos do CPAP dependem de alguns fatores: regularidade de uso, rotina de limpeza e se a peça toca ou não no rosto.

Para facilitar, o Grupo Microsom informa uma lista de itens do CPAP que devem ser substituídos e a periodicidade para troca.

  • Máscara: a cada 90 dias.
  • Almofadas e travesseiros: as almofadas nasais e travesseiros a cada 2 semanas e as almofadas de rosto inteiro 1 vez por mês.
  • Filtros: a cada 2 semanas.
  • Tubulação: a cada 3 meses.
  • Touca de fixação: recomendado substituir de 6 em 6 meses.
  • Câmara de umidificação: a cada 6 meses.
  • CPAP: de 3 a 7 anos.

A pele acumula ácidos, óleos e bactérias que podem se esconder no silicone e em outras áreas da máscara, causando irritação na pele, bolhas e vermelhidão, assim como as partes de silicone perdem maciez e flexibilidade. À medida que esse processo ocorre, os usuários de CPAP geralmente notam que precisam apertar constantemente a máscara no rosto para selar as vias de ar pressurizadas, levando à frustração, vazamento e desconforto que prejudica a qualidade do sono. Além disso, a mangueira e a câmara do umidificador, precisam ser trocadas regularmente, pois pode resultar na inalação de materiais tóxicos.

Em caso de dúvidas e para mais orientações, procure a unidade Microsom mais próxima de sua residência.

Gostou do conteúdo? Compartilhe nas redes sociais:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Quer tirar dúvida com um de nossos especialistas?

Sua dúvida pode ser de outra pessoa também. Ajude-nos a ajudar mais pessoas. 

Mantenha-se informado!

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo e informações sobre saúde.

Grupo Microsom SAC

Olá, em que posso ajudá-lo(a)? Me informe seu email e telefone para iniciarmos uma conversa sem compromisso ;)