Os aparelhos auditivos podem ajudar com o zumbido nos ouvidos?

Compartilhe:

Zumbido é quando uma pessoa escuta com frequência um som ou barulho incômodo que pode vir na forma de apitos, chiados que parecem uma panela de pressão, um barulho de abelha etc. É uma sensação sonora que não possui nenhum estímulo externo.

Em alguns casos o zumbido pode aparecer após expor a sua audição a ambientes barulhentos por um longo período. É também um sinal de alerta, indicando que algo não está certo.

É bom lembrar que o zumbido é um sintoma, não a causa do problema.

As principais causas do zumbido são:

  • Perda de audição
  • Infecções e lesões no ouvido
  • Excesso de cera
  • E casos que não estão relacionados a audição como; alimentação inadequada, medicação inadequada, traumas acústicos, entre outros diagnósticos, que possuem como efeito colateral o zumbido.

Não existe um método único para todos os tipos de zumbido, é necessário entender o que causa e qual o tipo de tratamento mais recomendado.

Um tratamento para lidar com o zumbido é a terapia sonora, que consiste em ruídos que reduzem a percepção do zumbido fazendo com que o paciente não dê foco ao som que tanto o irrita.

O aparelho auditivo pode ser uma opção para o tratamento, eles possuem a tecnologia chamada de terapia sonora integrada, que ajuda a mascarar o zumbido, além de melhorar a audição.

O Grupo Microsom oferece diversos modelos e tecnologias de aparelhos auditivos e alguns desses modelos ajudam a mascarar o zumbido. Para conhecer nossos aparelhos e verificar qual é o mais adaptável para tratamento, agende uma visita em uma de nossas unidades com um de nossos profissionais.

Faça um teste e descubra se sofre com o zumbido.
Lembrando que este teste não é um diagnóstico, para diagnóstico é necessário é procurar atendimento com o profissional otorrinolaringologista, que vai diagnosticar e verificar o tipo de tratamento mais eficaz.

Gostou do nosso conteúdo? Compartilhe em suas redes sociais:

Facebook
LinkedIn
Pinterest
Telegram
WhatsApp

Quer tirar dúvida com um de nossos especialistas?

Sua dúvida pode ser de outra pessoa também. Ajude-nos a ajudar mais pessoas. 

Mantenha-se informado!

Inscreva-se para receber conteúdo exclusivo e informações sobre saúde.