Você sabia que os ouvidos nunca dormem?

Antigamente, se acreditava que enquanto dormíamos, os sentidos eram desligados. Testes recentes indicam que as regiões do sistema nervoso central, inclusive da audição, continuam recebendo estímulos normalmente. Só que, durante o sono, as áreas do cérebro que interpretam as informações do mundo exterior ficam menos receptivas. Como o som continua chegando ao nosso cérebro, é importante proteger seus ouvidos de sons perturbadores e repetidos que os cansam.

Um som alto e inesperado pode nos acordar, mas o ambiente silencioso ao nosso redor continua fazendo com que o sentido da audição funcione sem que percebamos. Prepare um local calmo para dormir. A princípio, não hesite em desligar todos os objetos barulhentos do quarto: relógio, aquário, carregadores de aparelhos eletrônicos que emitem ruído, etc. Evite também adormecer com fones de ouvido ou com a televisão ligada.

Você sabe como detectar ruídos que nem sempre são percebidos?

O ruído noturno que não percebemos pode deteriorar a qualidade do sono, com consequências durante o dia: fadiga crônica, sonolência, problemas de memória, etc. É difícil saber se esses ruídos que não identificamos perturbam nossos ouvidos à noite. Para ajudar, é possível avaliar o volume do som de um quarto por meio de aplicativos de que medem o nível de som, disponíveis para download gratuitamente em seu celular. Como o sono é prejudicado a partir de 45 dB, a OMS recomenda um valor limite de 30 dB no quarto.

Proteja-se do ruído ambiente

A melhor solução a ser considerada é dormir com protetores auditivos, que podem ser prescritos por um profissional de saúde auditiva. Também é possível isolar seu quarto com recursos simples como tapetes e cortinas isoladas nas janelas. Se o aplicativo de som ainda continuar indicando muito volume, você pode ir para a próxima etapa: se o ar entra pela janela do seu quarto, o som também. Pode-se então optar por vidros duplos e até vidros triplos. O mesmo vale para paredes, tetos e pisos. Existem materiais acústicos que protegem contra ruídos altos de vizinhos barulhentos, por exemplo.

Consulte um profissional de saúde auditiva

Se você sentir desconforto ou sensibilidade com ruídos, pode ser que você esteja com perda auditiva, especialmente se seus ouvidos estiverem recebendo esses sons noturnos por muitos anos. Ao menor sinal de dificuldade de audição, procure o seu médico ou um Centro Auditivo Microsom para receber orientações e realizar um teste auditivo. Nossos profissionais estão à sua disposição para tirar as suas dúvidas e explicar que existem maneiras simples de recuperar a qualidade de vida através de uma solução auditiva personalizada.



06/09/2019