Agende sua Consulta

Escolha o melhor horário e data que você deseja ser atendido.

4 dicas para você blindar os seus ouvidos

4 dicas para você blindar os seus ouvidos

Postado por MRusso Digital em 24/ago/2018 - Sem Comentários

    

A maioria das pessoas já ouviu falar que sons muito altos podem levar à perda auditiva. Mas não sabe reconhecer os perigos nem como proteger de fato a audição todos os dias. Nós ensinamos!

    

“Abaixe o volume!”. A velha bronca passada de pais para filhos nunca fez tanto sentido nessa geração de jovens, que, para fugir dos barulhos que os cercam, vivem com os fones de ouvido ligados em playlists musicais, nas séries dos canais pagos que podem ser baixadas no celular e nas mensagens em áudio que pipocam todos os dias das mídias sociais. Não é à toa que os casos de perda auditiva têm impressionado não apenas pelos índices de aumento na população, mas pelos novos alvos e pela causa que tem sido uma das mais frequentes: pessoas cada vez mais jovens têm apresentado problemas de audição por conta da exposição diária aos ruídos.

Especialistas alertam que isso tem ocorrido porque a maioria das pessoas ou não acredita que um som é realmente capaz de danificar estruturas do ouvido e causar a surdez (às vezes até na hora, dependendo do impacto) ou porque não faz ideia de como reconhecer os perigos nem de como tomar pequenas atitudes para prevenir danos mais graves. É por isso que você deve sim levar aquela velha bronca para baixar o som a sério e dar ouvidos às dicas que elencamos a seguir:

  •    
  • 1 – Oberve os sinais de que aquele som pode estar acima dos 85 decibéis, que é o limite máximo do volume que nossos ouvidos conseguem suportar sem causar impactos para a saúde auditiva. Como saber, afinal? Se você precisar levantar muito a voz para ser ouvido, não conseguir entender o que diz uma pessoa que está a três metros de você e sentir um zumbido, um som abafado ou até dor quando sai de perto do barulho, cuidado. Esse tipo de ruído pode prejudicar muito a sua saúde auditiva.
  •    
  • 2 – Não se preocupe apenas com a intensidade do volume, mas com o tempo de exposição a certos ruídos. Ainda que o som esteja no limite permitido de 85 decibéis (dBA), especialistas recomendam que a exposição diária a esse tipo de ruído não ultrapasse oito horas. E, se o barulho ficar ainda mais alto, esse tempo de escuta deve diminuir. A recomendação segura é cortar o tempo pela metade a cada aumento de 3 dBA. Ou seja, se o som subir para 88 dBA, você só deve ouvi-lo por, no máximo, quatro horas. Como nem sempre conseguimos mensurar ou saber o volume exato de cada ruído, tente diminuir bem e sempre o som ambiente, especialmente se você precisa lidar todos os dias com o trabalho ou o local barulhento.
  •    
  • 3 – Saiba: há muitos ruídos aos quais você já está acostumado, que já podem ter causado danos aos seus ouvidos por estarem bem acima dos 85 decibéis. Especialmente se você sempre tiver sido exposto a esses sons e por muitas horas. São eles: britadeira no asfalto de uma rua (130 dBA), decolagem de avião a jato e sirenes (120 dBA), músicas no volume máximo em tocadores de MP3 e shows de rock (112 dBA) e secador de cabelo, liquidificador de cozinha e  processador de alimentos (94 dBA) e até metrô e motocicleta (91 dB)
  •    
  • 4 – Quando o ruído passar de 140 decibéis, saia de perto ou não deixe de usar os tampões e protetores de ouvido para amenizar o impacto. Aqui, estamos falando dos sons de fogos de artifício e dos tiros de armas de fogo, por exemplo. Isso porque essas explosões/estampidos – que duram apenas segundos – são capazes de causar danos permanentes às células ciliadas. Essas pequenas estruturas, localizadas no ouvido interno, são responsáveis por transformar as ondas sonoras em sinais elétricos e enviá-los ao cérebro. O som muito alto pode danificá-las para sempre. Os tampões e protetores de ouvido conseguem reduzir o ruído em 15 a 30 dBA, e os especialistas recomendam usá-los em ambientes com sons acima de 85 dBA. No caso de ruídos acima de 140 dBA, quando não há como se afastar, a indicação é para que os dois tipos de proteção sejam usados simultaneamente.

    

Fonte:https://www.asha.org/public/hearing/Loud-Noise-Dangers/

0 Comentários

Deixe o seu comentário!

Leia Mais microsom

Tópicos recentes

VEJA TAMBÉM:

Nós entramos em contato com você

Receba nossa newsletter

OUTRAS SOLUÇÕES PARA VOCÊ: