Aparelho Auditivo Infantil

O Aparelho Auditivo da Criança

O aparelho auditivo ajuda a criança a conectar-se com o mundo do som. Avanços tecnológicos conseguidos com aparelhos auditivos digitais, sistemas de equipamentos de assistência a audição dão a criança a possibilidade de ter tanto sucesso na sala de aula, no campo e em atividades extra-curriculares como qualquer outra criança.

Esta seção fornece informações sobre os aparelhos auditivos:os diferentes tipos, como funcionam e tudo o que precisa saber para seu cuidado.

 

Como Funcionam os Aparelhos Auditivos

Um aparelho auditivo é um equipamento eletrônico, que funciona com pilhas e amplifica os sons para que possam ser ouvidos confortavelmente por pessoas com perda auditiva. Todos os aparelhos auditivos funcionam de maneira semelhante, e consistem de um microfone, um amplificador e um receptor (mini alto-falante). O som (também é conhecido como sinal acústico) entra através do microfone. Aí é processado, amplificado e enviado ao receptor. Depois o som é enviado ao canal auditivo, ou pelo molde tradicional ou pelo tubo fino, dependendo do estilo do aparelho.

Tipos de Aparelhos Auditivos

Quando falamos de tipos de aparelhos auditivos, existem na verdade duas considerações a serem feitas: tecnologia e estilo da cápsula.

Tecnologia refere-se ao aparelho auditivo que é usado: analógico, programável ou digital. Os aparelhos digitais tornam-se mais populares a cada dia por causa de suas vantagens: melhor qualidade sonora, processamento avançado para controle de ruído e microfonia, possibilidade de adaptação mais apurada, porém o fonoaudiólogo poderá recomendar qualquer um destes tipos de aparelhos dependendo de fatores como idade, perda auditiva e estilo de vida.

Estilo da Cápsula refere-se ao local onde aparelho será colocado na orelha. Existem quatro estilos principais: completamente no canal (CIC/microcanal); no canal (ITC/intra-canal); na orelha (ITE/concha ou meia concha); e atrás da orelha (BTE/retroauricular). Existem maiores chances da criança ser adaptada com aparelho retroauricular pois suas orelhas ainda estão em crescimento e também porque são os que melhores adaptam-se a aparelhos de assistência a audição, como sistema FM. Adolescentes cujas orelhas já pararam de crescer e crianças com perda leve podem ser adaptadas com aparelhos intra-aurais.

Porque Dois São Melhores do que Um

Hoje, médicos e fonoaudiólogos são quase unânimes em afirmar que dois aparelhos são melhores do que um. Mesmo quando a perda auditiva é mais severa numa orelha, existem vários benefícios em usar uma adaptação binaural (com dois aparelhos. Inlcuem:

  • Maior habilidade em distinguir palavras de ruídos em condições normais ou em condições adversas.
  • Maior sensação de balanço porque o som é amplificado nas duas orelhas.
  • Maior habilidade em determinar de qual direção o som está chegando (localização).
  • Habilidade em diminuir o volume separadamente em cada orelha, permitindo mais conforto no nível sonoro.

Moldes

Moldes são usados com aparelhos retroauriculares e são a parte do aparelho que adaptam-se dentro da orelha da criança. Eles devem ser higienizados pelo menos uma vez por semana: antes da criança deitar-se é um bom período, assim poderá secar durante a noite.

  • Despluque o molde do aparelho.
  • Lave-o em água morna com sabão.
  • Assopre a água do tubo.
  • Deixe o molde secar durante a noite e coloque-o de volta no aparelho pela manhã.
  • Se o aparelho não parecer ok, procure por umidade.

Periodicamente os moldes precisam ser trocados. Quando a criança começar a crescer, seu molde não se adaptará corretamente a orelha, o que poderá causar microfonia. Além disso pode ser necessária a troca do molde se ele ficar duro e o tubos não encaixarem corretamente. Se suspeitar que o molde precisa ser trocado, contate o fonoaudiólogo da criança.

Checkup Auditivo

O aparelho auditivo é uma das mais importantes ferramentas do aprendizado da criança e será submetido a muito uso e suor. Um completo checkup garantirá seu correto funcionamento e que a criança obtenha o melhor dos sons em casa, escola ou brincando. Os procedimentos abaixo abaixo levam entre um e dois minutos do dia.

1. Ligue o aparelho auditivo e coloque no volume máximo. Deverá ouvir um apito ou microfonia na maioria dos aparelhos auditivos.

2. Cubra a entrada do canal auditivo no molde. O apito deve parar. Se não parar, existe um vazamento no gancho ou no molde. Um fonoaudiólogo pode reparar este problema.

3. Verifique se o molde está úmido. Se estiver, tire-o do aparelho e assopre dentro do mesmo até que fique seco.

4. Prenda o aparelho auditivo ao otoscópio e coloque-o em suas orelhas.

5. Desloque a chave para (M ou I) e ajuste para o volume normal usado pela criança.

6. Diga ah, oo, ee, m, sh, s e diversas frases. Deverá ouvir os sons claramente através do aparelho auditivo.

7. Gire o controle de volume do mínimo para o ajuste normal da criança. Deverá perceber diferenças na intensidade.

8. Desloque a chave (M ou I) para desligado (O). Se houver estática ou intermitência, leve-o ao fonoaudiólogo para ajustes.

Baterias

As pilhas do aparelho auditivo da criança poderão durar vários dias ou semanas, dependendo do uso. Incentive a criança a desligar o aparelho quando não estiver usando, para economizar as baterias. Se a criança ficar fora durante o dia, tenha certeza de que levou algumas pilhas para reposição caso acabe a que está usando. A criança ou seu professor deverá saber como trocar as baterias.

  • Guarde as baterias em local seco e seguro, longe de crianças e animais de estimação (não na geladeira).
  • Reponha pilhas gastas imediatamente.
  • Todas as baterias podem ser prejudiciais se engolidas. Se isto acontecer, procure um médico imediatamente.
  • Sempre descarte as pilhas cuidadosamente.